Município Verde Azul

ET5 – AÇÃO NO VERDEAZUL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL – FOCO: TORNAR PÚBLICA A “EXISTÊNCIA E IMPORTÂNCIA DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO – ETE” OU “NECESSIDADE DE TRATAMENTO DE ESGOTO” QUANDO O MUNICÍPIO NÃO APRESENTAR

DIAGNOSTICO

O esgoto doméstico é composto por toda a água e resíduos que carrega pelos encanamentos de casas, escritórios e estabelecimentos comerciais. Ou seja, pode-se dizer que é todo o lixo que produzimos utilizando a água, que desce por todas as pias e vasos sanitários, além do chuveiro e ralos espalhados pela casa.

Infelizmente, a maior parte do Esgoto não é tratado e acaba sendo depositado em rios e mares. No Brasil, 49% do esgoto é coletado pelas redes de tratamento, mas somente 10% de todo o esgoto produzido é, de fato, tratado.

Diante do exposto, o serviço de coleta de esgoto no município de Santa Cruz da Esperança é realizado pela SABESP e atualmente o sistema de saneamento da cidade é reconhecido como um dos melhores da região, uma vez que 100% dos domicílios da zona urbana são atendidos por rede de esgoto e de água tratada.

 

PROPOSTA

Ação de Educação Ambiental com foco no reconhecimento e valorização, visando mostrar a importância e a existência da Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário na cidade de Santa Cruz da Esperança.

 

CRONOGRAMA DE AÇÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM FOCO NA IMPORTANCIA DA ETE

 

MÉTODO DE ABORDAGEM PERÍODO PÚBLICO ALVO
FORMAL NÃO FORMAL
Abordagem teórica por meio de aulas e palestras sobre a Estação de tratamento de esgoto de nossa cidade e a abordagem prática, onde os alunos puderam visitar a mesma, com o intuito de visualizar e compreender o processo.

 

 

 

 

1° semestre de 2018

EMEB Olympio Pereira Conceição.
Palestra com funcionário da empresa responsável (SABESP) em sala de aula,tratando sobre a importância e funcionamento das ETE

 

 

 

2° semestre de 2018

 

 

EMEB Olympio Pereira Conceição.

 

 

 

 

FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO AMBIENTAL

Como ferramenta de comunicação ambiental foi utilizado o site oficial da Prefeitura de Santa Cruz da Esperança, conforme comprovação do link e imagem a seguir.

 

EXECUÇÃO

As atividades de Educação Ambiental na escola EMEB OLYMPIO PEREIRA CONCEIÇÃO iniciaram-se com o agendamento da visita à Estação de Tratamento de Esgoto na cidade de Santa Cruz da Esperança. Ao agendar a visita, o responsável pela sala de aula informou o número de visitantes, o horário e nível de escolaridade dos alunos, além de enviar um documento oficializando a visita. O horário foi acordado entre a coordenação e a professora da escola e o responsável pela Sabesp.

Desta forma, para início as atividades de Educação Ambiental visando o reconhecimento e valorização, mostrando a importância e a existência da ETE na cidade de Santa Cruz da Esperança, foram selecionados os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental no dia 05 de abril de 2018. os alunos chegaram à Estação de Tratamento de Esgotos e receberam informações sobre o tipo de tratamento realizado no município. As informações consistiram em mostrar a importância em tratar o esgoto e como ele retorna à natureza, os benefícios que traz ao meio ambiente, a origem e destino do efluente tratado, qual o tipo de sistema de tratamento e seu destino, além de explicar sobre o funcionamento da ETE.

Após a explanação sobre o tratamento, os alunos percorreram as estruturas externas da Estação de Tratamento de esgoto (por questões de segurança com as crianças), finalizando, assim, um aprendizado significativo para os mesmos. A comprovação da ação é feita por meio do relatório fotográfico ao final deste documento.

 

RESULTADO

É através das aulas teóricas e práticas (visita na ETE) que estamos atingindo nosso objetivo de conscientizar a população de Santa Cruz da Esperança quanto a relevância da ETE em nosso município. Na visita estiveram presentes 31 alunos da rede municipal de ensino, os quais se tornaram membros multiplicadores dessa temática ambiental. Nosso objetivo é parte de um processo contínuo, assim, pretendemos ampliar o público alvo e o número de munícipes envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *