Município Verde Azul

Município Sustentável – MS6

Diretiva: Município Sustentável – MS7

Ação Desenvolvida: A montagem do “Projeto Educando com a Horta e a Gastronomia” na E.M.E.B Olympio Pereira Conceição em Santa Cruz da Esperança – SP.

Diagnóstico: O desenvolvimento deste projeto visa vislumbrar o meio ambiente na escola como uma prática pedagógica comprometida com o aprendizado, desenvolvendo aulas que potencializem a busca de relações com e na natureza.

Objetivos:

*Desenvolver de modo integrado, a consciência da responsabilidade para o meio ambiente, respeitando o espaço biótico e abiótico a sua volta.

*Criar um intercâmbio sistemático de informações no contexto ambiental através de observações, ações concretas e praticas a serem realizadas no ambiente escolar.

*Levar os alunos a perceberem a horta como um espaço vivo, onde todos os organismos juntos formam uma cadeia, proporcionando uma produção sustentável e fonte de alimentação saudável.

Estratégias de realização: A educação ambiental é um dos tópicos mais importantes a serem absorvidos pelas crianças, explorar sua relação com a natureza e os impactos que suas ações podem causar no sentido ecológico. É aí que o projeto de horta escolar se inserem, eles aproximam os estudantes da realidade, fazendo com que as crianças criem hábitos sustentáveis e ecologicamente corretos.

A horta serve objeto de estudo interdisciplinar. Os estudantes discutem temas como alimentação, nutrição e ecologia que aliados ao trato com a terra e plantas, geram situações de aprendizagem reais e diversificadas.

Execução:

A horta é um excelente meio para potencializar o aprendizado do aluno e despertar seu interesse para a alimentação saudável.

O contato com a natureza é uma experiência muito válida para crianças e adolescentes. Ao montar uma horta na escola, professores de todas as áreas terão um laboratório vivo, podendo trabalhar os mais variados temas.

Os professores  usam a horta escolar para trabalhar a interdisciplinaridade e desenvolver um projeto sobre alimentação saudável com os alunos, que terão a oportunidade de conhecer melhor os alimentos e experimentá-los na cozinha ou na merenda escolar, o que os auxiliará na promoção da saúde.

O professor de matemática trabalhou as formas dos alimentos cultivados, associou o tempo de cultivo, floração e frutificação com o desenvolvimento dos alunos. Na área de português, a professora realizou redações ligados ao consumo de frutas e verduras. Na área de história  trabalhou as origens dos nomes de frutas e verduras, como são consumidas e se são empregadas na medicina popular. O professora de geografia pode trabalhar as frutas e verduras típicas de cada região do país .

Enfim, todas as áreas do conhecimento podem se beneficiar de alguma forma de uma horta na escola.

Para a construção da horta tivemos a participação de todos os alunos. Dividiu-se a responsabilidade por cada espécie plantada por turma.

 

Essa implantação da horta escolar envolveu:

  • Planejamento da horta;
  • A aquisição ferramentas e insumos;
  • Definição dos espaços para canteiros;
  • Definição do que plantar;
  • Preparação do terreno;
  • Estruturação dos canteiros para o plantio;
  • Realização do plantio;
  • Cuidar dos plantios (manutenção da horta);
  • Colher as hortaliças para a merenda escolar, e para aula de gastronomia.

A importância desse projeto é de grande relevância, pois o tema horta contribui de forma positiva e da oportunidade de aprender a cultivar plantas utilizando-as como alimentos.

Desta forma constatou-se que o equilíbrio do ambiente é fundamental para o planeta e que a vida depende do ambiente.

Resultados:

Entre os benefícios alcançados com o Projeto Horta Escolar e a Gastronomia, se destacam a produção e consumo de alimentos naturais pelos alunos, atividades ligadas à culinária na escola, troca de conhecimentos, inserção de assuntos como a economia doméstica, a influência nas escolhas alimentares das crianças, além de apresentar na prática as consequências que ações do homem têm em relação ao meio ambiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *