Aluna recebe menção honrosa em Olimpíada de Matemática
Criado em 20/2/2013 -

A estudante Beatriz Silveira Augusto (foto), que frequenta o 8º ano do ensino fundamental II da EMEB. “Olympio Pereira Conceição”, de Santa Cruz da Esperança recebeu menção honrosa na 10ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas 2014. Ao todo foram mais de 900 mil participantes em todo o Brasil, sendo 164 mil de São Paulo. Beatriz Augusto ficou entre os 46.200 estudantes agraciados com a menção honrosa. “Para a secretaria da Educação e para a nossa cidade como um todo é uma grande alegria e motivo de orgulho”, afirmou a secretária da Educação Wanda Ely Brito Costa.
Do total de competidores 6.500 receberam medalhas, sendo 500 de ouro, 1.500 medalhistas de prata e 4.500 medalhistas de bronze. Iniciada em 2005, a OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas) é promovida com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), e conta com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). O Programa OBMEP na Escola visa a estimular o uso dos materiais da Olimpíada (como os Bancos de Questões, por exemplo) em atividades extraclasse a serem realizadas em escolas públicas de todo o país.
A prefeitura de Santa Cruz da Esperança não tem medido esforços para oferecer ensino de qualidade aos estudantes do ensino infantil e fundamental I e II. Desde 2013, os professores participam do Fórum da Educação, evento destinado à requalificação profissional e que tem atraído para Santa Cruz professores de outras cidades da região. Paralelamente a isso, os alunos participam de um concurso literário, com temas voltados à comunidade, de onde já resultaram dois livros com conteúdo de alunos, professores e funcionários. “O Fórum 2015 já está em fase de planejamento e deverá apresentar novidades”, afirma Wanda Costa.
Outra novidade na área da educação foi a conquista junto ao governo federal da escola de seis salas, avaliada em mais de R$ 1 milhão e cuja obra já está em fase inicial, com a locação do terreno para posterior execução da fundação. A escola de seis salas tem capacidade para atender até 180 alunos por período e seu conceito arquitetônico é dos mais avançados. Será a primeira escola de ensino fundamental que funcionará em prédio próprio da história da cidade.

Alunos de Santa Cruz voltam às aulas e professores têm palestra
Criado em 13/2/2015 -

Cerca de 400 alunos da rede municipal de ensino de Santa Cruz da Esperança voltaram às aulas nesta semana. Do total, 120 frequentam a educação infantil no Centro Educacional Pró-Infância “José Jacinto Pedroso”, e 180 o ensino fundamental 1 e 2 na escola “Olympio Pereira Conceição”. Segundo a secretária da Educação Wanda Ely Brito Costa, o retorno às atividades escolares ocorreu de acordo com as expectativas e o planejamento. “Antes de iniciarmos as aulas, a secretaria promoveu eventos destinados aos professores como preparativos para o ano letivo de 2015”, disse a secretária.
Um deles foi a palestra de Sandra Carla Schiavetto, que é facilitadora em treinamentos corporativos e diretora intelectual da Multi Training, além de possuir um extenso currículo em educação. O objetivo era o de inspirar, motivar e despertar o sentido de educar no intuito de olhar o cenário desafiador e extrair da diversidade e complexidade o significado de ensinar as gerações atuais alternando a instigação do pensamento e o acolhimento da emoção como balizadores do conhecimento, da conduta pessoal e da ação dos professores.
Ela falou sobre como promover a reflexão motivadora por meio de “perguntas poderosas” (metodologia utilizadas em coaching), suspender paradigmas e questões do senso comum para visualizar novas possibilidades de utilizar o pensamento com base em conhecimentos da Neurociência, vídeos, exemplos e interação com o público. Segundo ela, uma dessas perguntas poderosa seria “para o que queremos nos preparar em 2015”?
Sandra Schiavetto explicou aos professores do ensino fundamental que essas perguntas servem para instigar e assim modificar o olhar muitas vezes cansado e desmotivado por lentes de maior alcance para encontrar sentido no exercício diário da profissão, potencializar os recursos pessoais (mudança de dentro para fora), foco no processo mais no que no resultado final “Saber fazer escolhas inteligentes e condutas assertivas que protejam a saúde emocional dos professores e também a de seus alunos – fazer uso da metacognição e transformá-la em hábito”, disse.

PORTAL DA TRANSPARENCIA

ACESSO A INFORMACAO

PRÓXIMOS EVENTOS:
Prefeitura de Santa Cruz da Esperança
Rua Angelina Reghini Fontanetti, 457 – Centro - CEP 14250-000
PABX: (16) 3666-1115